O Mundo do TIM TIM > Programa de Saúde

Necessidades Educativas Especiais

As crianças com necessidades educativas especiais serão observadas por uma Equipe de Ensino Especial a pedido da educadora ou dos Encarregados de Educação, mas sempre com acordo destes.

Primeiros Socorros

O Mundo do Tim–Tim dispõe de um posto de Primeiros Socorros equipado e assistido por responsáveis formados para o efeito, capazes de responder às necessidades de primeiros socorros e de lesões menores.
Em caso de acidente ou de doença súbita, o Estabelecimento tomará de imediato as medidas de socorro necessárias e tentará entrar em contacto com o Encarregado de Educação através dos telefones indicados na Ficha de Inscrição, que deverá ser atualizada sempre que haja alguma alteração.

Cuidados Hospitalares

Em caso de acidente ou de doença súbita ocorrida durante o horário escolar ou no decurso de atividades de natureza educativa, o Estabelecimento de Ensino assegura o transporte dos Alunos para o Hospital. Assegurará também o transporte dos Alunos que necessitem voltar ao Hospital para tratamento, sempre e quando este ocorra dentro do horário de funcionamento letivo do Mundo do Tim-Tim. Fora deste horário, os Encarregados de Educação deverão acompanhar os Alunos. O Estabelecimento de Ensino assegurará esta prestação de cuidados através quer de acordo com uma instituição privada, ou pública, e de acordo com os critérios de qualidade.

Seguro Escolar

O Seguro Escolar é obrigatório estando incluído nas rubricas Inscrição e Renovação, e garante cobertura em caso de acidente, durante o período escolar. O Seguro Escolar e o Externato Tim-Tim não se responsabilizam por acidente de óculos ou aparelhos de dentes em caso de extravio ou quebra. Neste caso aconselhamos os pais a fazerem um seguro especial ∑destes quando da aquisição dos mesmos.

Nota Importante: As crianças não poderão frequentar o Estabelecimento de Ensino quando apresentem sintomas de febre ou doenças infeto-contagiosas tais como: amigdalite estreptococus, sarampo, varicela, escarlatina, rubéola e/ou doenças parasitárias. Para poder voltar a frequentar a Instituição deve apresentar uma declaração do médico assistente em como a Criança se encontra totalmente restabelecida.